Local

Energisa apresenta relatório aos vereadores apontando que não existem reclamações dos moradores de M

Representantes da Energisa, empresa concessionaria que faz a distribuição de energia elétrica para toda região, estiveram na Câmara Municipal de Marapoama, na última quarta-feira, dia 18, atendendo a pedidos dos vereadores. Durante o encontro, que contou com a presença do presidente da Câmara, Carlos José Bertolozzo (PPS), das vereadoras Cristina de Fátima Silva (SD) e Elaine Aparecida Aissa (PMDB) e dos vereadores, Elias Martins de Oliveira (PR), Heibe Jesse Meneguesso (PR) e Lairton Alcantara (PRB), o questionamento aos representantes da empresa foi porque o município de Marapoama está passando por diversos problemas de queda de energia elétrica, principalmente aos domingos, o que tem gerado inúmeras reclamações da população.

Respondendo aos questionamentos dos vereadores, o gerente da Energisa, Paulo César Maluf Soler e o supervisor de Obras, Reginaldo Fialho de Carvalho, apresentaram um relatório do setor de atendimento do telefone 0800 701 0326, que atende a região de Catanduva, 0800 032 0196, que atende toda área de atuação da empresa e do WhatsApp (18) 99120-3365, que de janeiro de 2018 até setembro de 2019, o setor recebeu do município de Marapoama 11 reclamações, sendo 01 nesse mês de setembro de 2019. "Se a empresa não tem reclamações de uma determinada região, logo se entende que no local não existe problemas. O que é preciso é orientar os moradores do município a fazer as reclamações, ou via 0800, ou pelo WhatsApp da Energisa", disse Maluf, ao destacar que a energia elétrica que chega a Marapoama passa por uma subestação do município de Elisiário e que no trecho entre a subestação e o município a Energisa está fazendo somente nesse ano de 2019, um investimento de R$ 500 mil reais, para melhorar a qualidade da distribuição da energia no município. "Sem contar os investimentos anteriores, somente neste ano estamos fazendo um investimento de meio milhão de reais no trecho entre Elisiário e Marapoama. Esses investimentos são para trazer a energia elétrica para Marapoama de uma forma mais eficiente e são feitos com uma pequena interrupção da energia elétrica somente aos domingos de manhã e domingos final da tarde. Essas pequenas interrupção são para desligar o fornecimento de Elisiário e iniciar o fornecimento por Urupês na parte da manhã e no sentido inverso na parte da tarde", explicou.

Para Reginaldo, se as obras estão causando transtornos para o moradores, a solução será interromper os trabalhos até encontrar um caminho que não afete os moradores do município. "As obras consistem em ampliar de dois para três subestações em Elisiário, deixando uma exclusiva para Marapoama. Se durante o período que executamos as obras estão causando transtornos para os moradores, teremos que repensar as forma de executar os serviços", disse o supervisor de Obras ao apresentar o projeto aos vereadores e lembrar que a execução atende a 2 etapas. "A primeira etapa tínhamos até o próximo dia 29 de setembro para finalizar e a segunda até o final de setembro de 2020. Vamos ter que atrasar o término desses investimentos, até encontrar uma forma de executar as obras sem causar desconforto aos moradores da cidade".

O presidente da Câmara, questionou se os representantes da Energisa tinham uma previa de quanto tempo poderia atrasar as obras para pensar nessa solução, uma vez que com essas obras concluídas Marapoama teria mais qualidade e eficiência na distribuição da energia elétrica. Os representantes disseram apenas "não".







Copyright © 2019. Direitos de conteúdo reservados a:
CAMARA MUNICIPAL DE MARAPOAMA

Mauritec

Rua Bom Jesus, 139 - Centro - Marapoama/SP
Fone: (17) 3548-1191
E-mail: contato@camaramarapoama.sp.gov.br